04/09/2009

Mais uma geração resgatada!

Clique nos nomes citados para ir para outras postagens.

Lembrei-me somente agora de contar uma novidade importantíssima para mim, talvez não muito para vocês meus amigos, mas enfim... o fato é que meu tio e padrinho Marcos esteve esses últimos meses na Itália e aproveitou parte da viagem para procurar parentes. Foi até Verona, se não me engano, mas precisava de pelo menos o nome de mais uma geração de nossos antepassados para facilitar a busca.

Meus bisavós (pais de minha avó Myrian):
Luiz Guerra Paixão
Zina Sisti Paixão

Meus tataravós (pais de Zina):
Menotti Sisti
Esther Cavallari Sisti

Pensei comigo... Como eu vou arranjar o nome dos pais de meus tataravós? Minha avó não se lembrava dos nomes de nenhum de seus bisavós. Os únicos irmãos de minha bisavó Zina que estavam vivos eram Bárbara e Ottorino (postagem sobre eles) Ok, era a única saída. Pesquisei em listas telefônicas das cidades deles. Liguei para um número que constava como Ottorino Sisti, mas quem atendeu não conhecia ninguém com esse nome. Procurei no google, documentos velhos... revirei minha casa em busca de um número, um endereço, qualquer informação! Foi então que tive a idéia de procurar no Orkut. Perguntei a todos os Sisti que encontrei se conheciam alguma Bárbara e, um deles (por uma graça divina!) me respondeu que era neto dela. Expliquei tudo e disse que precisava me contatar com ela. Finalmente consegui o telefone!
Liguei para lá e ela mesma me atendeu. Deve estar com seus 80 anos, aproximadamente, mas foi muito amável e estava completamente lúcida. Lembrou de minha avó e das minhas tias-avós gêmeas, Martha e Maria. Fui breve, ela podia estar ocupada com algo e eu não queria atrapalhar. Após um tempo lembrou dos nomes de seus quatro avós, tanto paternos quanto maternos, que seguem abaixo:

Pais de Esther:
Felício Cavallari
Bárbara Laurrentti Cavallari

Pais de Menotti:
Cesare Sisti
Esterina Sisti

Mas infelizmente essas informações não bastaram. Não localizamos nenhum parente na Itália, mas consegui resgatar mais uma geração de meus antepassados e passei pela experiência maravilhosa de conversar com alguém que passou a infância ao lado de minha bisavó!

Gostaria de deixar claro que não pesquiso tanto o passado para me conhecer melhor, mas sim porque simplesmente me interesso por esses personagens marcantes e suas histórias de luta e perseverança. Se identificações de características minhas vierem como consequência não vou me importar... apenas quero guardar essas lembranças roubadas! Obrigada Bárbara Sisti pela emoção! a eterna "Tia Babá".

Nota!
Bárbara (que me forneceu tais informações) veio a falecer no final de 2010, pouco depois de meu telefonema.

8 comentários:

Marcos Pedro disse...

Oi Moça, eu estou bem e vc?

Sabe... Eu acho seu blog fascinante...

Como é a relação dos seus avôs com suas pesquisas? Eles se sentem empolgados? Já falaram alguma coisa sobre isso com você?

***Muito bom vir aqui no seu blog
Beijão

Simone disse...

Que fantástico isso que vc fez nesse blog. Impossível não se seguir neste aqui também. Amei da idéia deste blog. Abraços.

Chica disse...

Acho muito legal esse resgate da família.Beijos e sempre lindo aqui!chica

A n i n h a a disse...

Muito legal o seu interesse em descobrir as gerações passadas.
Quando fui para portugal, consegui encontrar até uma filha bastarda do meu bisavô. Baaafon! HUAHSUHAS

beijos :*

Duanny!. disse...

Que bacana isso!
sempre quis conhecer a historia de meus antepassados, mas meu pai é adotado, e pelo que sei de parte de minha mãe são mineiros/Italianos. só.

bom, amei aqui.
vou visitar seu outro blog ;*

beijo

Rodrigo disse...

Malu,

Estive em Ferrara (Itália) em 1994, e procurando numa lista telefônica encontrei vários Sistis. Meu irmão Stefano estava comigo nessa viagem e chegamos a procurar algumas pessoas, mas não pudemos traçar nenhuma ligação de parentesco. Talvez nossos bisavós tivessem saído há muito tempo de lá, sem deixar muitas lembranças...
Existem Sistis nos Estados Unidos também, mas da mesma forma não necessariamente com ligação de parentesco com a nossa família.

Um abraço,

Rodrigo Sisti

Darby disse...

Bom Dia senhorita Malu!

Por favor, na minha busca pela internet, não pude deixa de constatar o sobrenome Sisti, do qual também faço parte.
Faz algum tempo que tenho realizado um trabalho na busca por elaborar a árvore genealógica da Família Sisti/Siste, por favor, se tivar mais informações, gostaria que entrasse em contato comigo.

darby.siste@hotmail.com

Confesso que tenho muitos ramos distintos dessa enorme família e tem sido um trabalho árduo e muito curioso a respeito dessa grande família, principalmente na parte que toca reunir os mais variados ramos dela. Por favor, se tiver mais informações, gostaria que me retornasse.

Grato!
Darby E. Siste

claudine disse...

Adorei, adorei, adorei!
Achei por acaso esse blog e logo me identifiquei, pois D. Mirian foi minha professora no "Estadao". Que saudades !!!!
Abraços , Claudine.